consumidores na era do imediatismo

Lojas virtuais: como conquistar o consumidor na era do imediatismo

Seja bem-vindo à geração imediatista. Estamos cercados de pessoas que querem respostas naquele momento e temos que ser a primeira empresa a responder.

Com isso, o marketing da sua empresa precisa se superar para atender todos esses questionamentos e driblar a concorrência.

De acordo com a Provokers, 79% dos usuários de smartphones esperam obter informações imediatas.

Além disso a geração Z está tomando espaço nas compras online, considerando que 53% dos jovens de 13 a 17 anos procuram os preços e variedades online antes de fazer suas compras, de acordo com a pesquisa Gen Z: A Look Inside Its Mobile-First Mindset.

Além disso, segundo a IBM, até 2019, chegaremos a incrível marca mundial de 1 milhão de novos dispositivos online a cada hora.

São muitos dispositivos e dados que teremos que trabalhar.

Um artigo do Think With Google revelou estatísticas que mostram como lidar com esse problema e conquistar os consumidores em tempos de imediatismo. Decidimos compartilhar algumas descobertas desse texto com você.

Os consumidores pesquisam na internet antes de comprar

Para o consumidor não existe uma divisão de canais offline e online, eles fazem várias pesquisas antes da decisão. 96% dos clientes pesquisam online antes de decidir em que loja física vão comprar.

No entanto, apesar dos clientes interagirem com a marca em vários canais, ainda existem empresas que separam a abordagem das experiências do cliente em online e offline.

Além disso, 72% já compraram online de uma loja que nunca foram pessoalmente. O que mostra que não existem barreiras no mundo digital. Um cliente pode comprar o seu produto com apenas um clique nas lojas virtuais.

Este é um dos motivos do design responsivo e da experiência do cliente no seu site ser tão importante.

Os consumidores levam em consideração a experiência mobile

Como disse no tópico acima, a falta de um design responsivo e a má experiência do cliente nas lojas virtuais podem levar a desconsideração da marca. Um possível cliente pode até mesmo sair do seu site se ele não for responsivo.

Isso porque, quando o seu site demora muito para carregar e não tem uma navegação intuitiva, 43% acessam o site de outra marca.

Além disso, 41% dos usuários ainda declaram que há poucas chances de voltarem a um site que tiveram uma má experiência.

O consumidor quer ter suas necessidades supridas rapidamente, esteja ele onde estiver e quando ele quiser.

Os consumidores esperam que você atinja as expectativas deles

Para conquistar um cliente na era do imediatismo, os profissionais de marketing precisam repensar em novas estratégias.

O comportamento do cliente está em constante mudança e a evolução da tecnologia não para. A transformação digital pede marcas que coloquem o cliente no centro da estratégia de marketing.

Em um mundo onde os clientes estão sempre online, usando vários dispositivos, pesquisando e consumindo informações quando precisam, as marcas precisam estar respondendo em tempo real.

Além disso, possibilitar experiências personalizadas e interações relevantes são fatores essenciais para fazer com que a sua marca seja referência para aquele consumidor.

A inteligência artificial está remodelando o jeito do usuário comunicar com as marcas, os dispositivos de interface conversacional, por exemplo, já estão sendo trabalhados intensamente em outros países. O marketing precisa considerar essas transformações.

Os consumidores querem uma experiência personalizada

Os clientes querem que suas interações sejam conhecidas e personalizadas pela marca de forma que isso facilite e direcione suas compras nas lojas virtuais.

Precisamos antecipar as necessidades e desejos dos clientes e para compreendê-los é necessário utilizar dados.

50% do público brasileiro em geral prefere comprar em sites mobile e aplicativos que recomendam marcas e produtos baseados em seu histórico de busca e compra.

Para que seus clientes gostem de você, você deve conhecê-los muito bem para criar e entregar experiências personalizadas que atrairão sua lealdade.

Porém, ganhar esse conhecimento aprofundado sobre os clientes não é algo que apenas acontece. Trata-se de coletar muitos dados dos clientes e trazer informações valiosas com rapidez e precisão.

Entendendo a fundo as preferências, hábitos e necessidades dos consumidores, e usando as ferramentas de automação e machine learning disponíveis, as marcas podem utilizar um alto grau de personalização.

Lembre-se: melhorar a experiência para seus clientes é a chave para aumentar a retenção, a satisfação e as vendas da sua empresa.

Quer saber mais sobre o usuário do futuro? Juntamos várias tendências e insights de pesquisas do mundo todo sobre a experiência do usuário. Conheça mais sobre o seu cliente e saiba como conquistá-lo na era do imediatismo.