ACOMPANHE AS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS E NOVIDADES DO MERCADO NO BLOG INTELIGÊNCIA

conteúdos como ferramenta

Inbound 2017: como usar conteúdos como ferramenta para cada área da sua empresa

Você já deve estar cansado de ler que produzir e divulgar conteúdos pode fazer maravilhas para os resultados de Marketing Digital de uma empresa.

Agora, se você acha que um investimento na produção de conteúdos só gera retorno para o departamento de Marketing, esse artigo é a leitura perfeita para você hoje.

O evento INBOUND 2017, realizado por uma das referências mundiais em marketing digital, a Hubspot, trouxe muitos insights valiosos para a equipe da Rock Content que viajou para Boston representando nossa empresa. Eu estava lá, e vim aqui compartilhar um pouco do que aconteceu!

Separei para esse artigo os pontos mais essenciais de uma das melhores palestras que vi no INBOUND 2017, feita pela Kelsey Meyer-Raymond, Presidente e Co-Fundadora da Influence & Co.

A Influence & Co. é especialista em ajudar empresas a produzir e divulgar conteúdos para ganhar autoridade e influência com seu público-alvo. Como especialista no assunto de produção de conteúdo, Kelsey foi a Boston contar como uma empresa pode usar os conteúdos que já produz para o benefício de outros departamentos além do Marketing.

Para quem já tem uma estratégia de Marketing de Conteúdo, isso é um prato cheio. Boa leitura!

Vendas

1) Usar conteúdos em emails de outreach

Comunicados de imprensa e artigos de blog podem ser excelentes conteúdos para agregar valor e gerar autoridade em um email de outreach.

Sua empresa foi mencionada recentemente em algum press release? Mostre para o seu prospect que a empresa é séria e está se desenvolvendo, ou que foi reconhecida como uma líder da área de atuação.

Alguns conteúdos do blog da empresa também podem ser estratégicos na hora de chamar a atenção de um prospect via email, principalmente aqueles que explicam mais sobre seu produto/área de atuação, ou que ilustram como a solução da sua empresa é aplicada na prática (case de sucesso).

2) Usar conteúdos para nutrir leads

Um bom vendedor nunca desiste de nutrir uma lead depois do primeiro email que foi enviado e não obteve resposta. Porém, muitos cometem o erro de enviar follow-ups com a velha abordagem "só estou fazendo um follow-up….", que não agrega nenhum valor para o prospect.

Uma alternativa mais interessante é usar conteúdos para nutrir os prospects durante o processo da venda, e construir uma relação de confiança ao invés de um discurso 100% focado na venda.

3) Usar conteúdos como uma desculpa para reconectar com leads antigos

Retomar uma conversa por email com um prospect antigo não é nada fácil. Você quer que a abordagem seja natural, mas ao mesmo tempo precisa inventar um assunto que chame a atenção do prospect e faça com que ele engaje com você.

A solução que Kelsey apresentou para essa situação é um tanto quanto "jeitinho brasileiro". A dica dela é criar uma situação na qual você precisa pedir ajuda para o seu prospect para escrever um artigo. Isso coloca ele na posição de autoridade, e é uma maneira mais interessante de começar uma conversa.

Recursos Humanos

1) Compartilhar conteúdos sobre os valores da sua empresa

No que sua empresa realmente acredita? Publicar e compartilhar conteúdos que mostram os valores e pilares da empresa pode ser um grande diferencial na hora de atrair talentos.

E até mesmo na hora de pré-selecionar aqueles candidatos que não serão um bom fit para a empresa!

Imagine que alguém se interessou por uma vaga na sua empresa, foi buscar mais informações no Google e encontrou um artigo que fala sobre um dos maiores valores da empresa. Se esse candidato discordar desse valor, ele já pode desistir da vaga e o departamento de Recursos Humanos não precisa ter o trabalho de entrevistar alguém que já não se encaixaria nos valores da empresa.

Você não quer contratar talentos que não acreditam nas mesmas coisas que sua empresa!

2) Usar conteúdos para atrair candidatos

Se sua empresa contrata novos talentos em alta velocidade e está sempre abrindo novas vagas, seus funcionários com certeza já estão cansados de compartilhar que a empresa tem vagas abertas. Afinal, isso não é interessante para ninguém.

Mas os colaboradores de uma empresa adoram compartilhar conteúdos que contam como é trabalhar lá, ou como é o dia a dia em certa área da empresa. Assim todas as pessoas importantes para eles conseguem entender com o que ele trabalha e como é a rotina da empresa.

Por isso, conteúdos que falam sobre como é trabalhar na sua empresa podem ser muito mais eficazes para atrair candidatos do que compartilhar algo nas redes sociais sobre uma nova vaga aberta.

Uma empresa tem em mãos uma base muito importante de influenciadores: seus funcionários. Basta encontrar conteúdos que eles amam e vão gostar de compartilhar!

3) Usar conteúdos para avaliar candidatos

Kelsey conta que na Influence & Co., o uso dos conteúdos para a área de Recursos Humanos não para depois da atração de candidatos.

Para conseguir avaliar os candidatos da maneira mais eficaz possível, a dica de Kelsey é enviar alguns conteúdos que falem sobre sua empresa e sobre sua área de atuação para os candidatos que passam da primeira fase de avaliação.

O primeiro benefício disso é avaliar o real interesse do candidato na vaga. Se ele não chega nem a clicar nos links enviados, pode indicar que não tem tanto interesse assim na empresa.

Além disso, esses conteúdos podem contribuir para uma conversa mais aprofundada na hora de uma entrevista com o candidato. Afinal, ele já vai chegar sabendo o essencial sobre a empresa e área que ela atua.

4) Usar conteúdos para treinar funcionários

Treinar novos funcionários e colocar todo mundo na mesma página não é um trabalho fácil para o RH. Imagina se você possível ter um acervo de conteúdos que explicam conceitos básicos que todo funcionário da sua empresa precisa saber sobre seu produto ou serviço, sua área de atuação, como vocês ajudam seus clientes…

Ah, esse acervo existe e se chama blog da empresa! Muitos conteúdos produzidos para fins de Marketing e Vendas podem (e devem) ser usados para facilitar o onboarding de novos funcionários.

Assim, você consegue ampliar o uso dos seus conteúdos e ainda economizar no orçamento de treinamento do RH!

Diretoria

"Empresas não têm ideias. Pessoas têm".

A essência do Marketing de Conteúdo não é produzir conteúdos em escala, mas sim conectar com pessoas. E para isso, você precisa ter um ser humano por trás dos conteúdos, alguém que personifique a empresa para o mundo lá fora.

Em geral, esse alguém é parte da equipe executiva da empresa, seja ele o CEO, CMO ou até mesmo CTOs no caso de muitas empresas de software.

Ter essa marca pessoal interligada à marca da empresa pode trazer vários benefícios. O primeiro deles é o mais óbvio: ter alguém que é a "cara da empresa" contribui para abrir portas para novas oportunidades, aumentar a visibilidade da marca, construir parcerias com outras empresas e no fim do dia, atrair mais clientes.

Mas além disso, quando executivos de uma empresa produzem conteúdos, eles podem estar contribuindo positivamente para construir uma boa relação com investidores. Uma empresa que está buscando investimentos precisa demonstrar que seus líderes são experts no assunto e autoridades no mercado.

Sucesso do Cliente/Atendimento

De acordo com Kelsey, essa é uma das áreas onde o uso de conteúdos que foram feitos para Marketing e Vendas podem ser mais utilizados, mas que a maioria das empresas se esquecem.

Os conteúdos produzidos por uma empresa podem posicionar a equipe de sucesso do cliente como autoridade no assunto. E isso é muito importante, pois ela é o contato direto da sua empresa com seus clientes!

Um time de sucesso do cliente que tem em mãos uma biblioteca de conteúdos, e que sabe encontrar os conteúdos certos na hora certa, consegue esclarecer melhor as dúvidas dos clientes e economizar tempo ao evitar ter que redigir respostas para perguntas repetidas toda vez.

Para que tudo isso possa acontecer, é preciso que a equipe de Sucesso do Cliente se junte à equipe de Marketing para organizar uma biblioteca de conteúdos, para que eles sejam de fácil acesso para os gerentes de sucesso!

Marketing: é aqui que tudo começa

A gente não quer se gabar, mas todos os benefícios listados acima que os conteúdos produzidos por uma empresa podem alcançar nunca se tornariam realidade sem a equipe de Marketing.

Mas como com grandes poderes vêm grandes responsabilidades, o Marketing é o principal encarregado de promover essa cultura de utilizar os conteúdos em todos os departamentos dentro da empresa.

E como fazer isso?

O primeiro passo é reunir com os líderes de cada área para descobrir qual é o objetivo de cada um no quarter ou no ano. Só assim a equipe de Marketing vai conseguir produzir conteúdos que realmente ajudam a empresa como um todo.

Além disso, é muito importante envolver os funcionários da empresa no processo de criação de conteúdos, sempre mostrando como esses conteúdos podem ajudá-los a melhorar processos e facilitar tarefas do dia a dia.

Você pode conferir a palestra no vídeo abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Muito bom Clara. O Inbound cada vez mais humano terá um peso bem importante no que vem por aí.