Pesquisas

Dados de pesquisa: conheça a peça-chave para sua estratégia dar certo

Dados de pesquisa

Será mesmo que vale a pena fazer pesquisas de marketing, sendo que existem tantas fontes externas de dados, com informações relevantes e confiáveis, por aí?

Essa talvez seja uma das suas dúvidas quando considera a importância das pesquisas de marketing para o futuro do seu negócio. Porém, que o acompanhamento de dados de pesquisa é fundamental para o sucesso, não há como discutir.

Contar com informações sólidas na hora de tomar decisões é uma vantagem competitiva que não pode ser ignorada, e o contrário também é verdade: a falta de dados pode fazer falta e resultar em prejuízos graves.

Mas por que investir tempo e recursos na criação destas pesquisas, em vez de apenas usar os relatórios disponíveis no mercado? Acredite, há bons motivos para isso.

Veja como os dados de pesquisa próprios fazem toda a diferença no desempenho  —  e nos resultados —  da sua empresa.

Por que os dados de pesquisa podem ser o diferencial que você precisa

A saúde de qualquer empresa pode ser medida com o acompanhamento de certos indicadores e métricas, mas enquanto eles mostram somente o momento do negócio, as pesquisas de marketing vão muito mais fundo.

Por meio destas pesquisas, é possível encontrar panoramas completos não apenas da sua empresa, mas também do mercado em que ela atua, dos clientes e de possíveis mudanças de cenário até em outros nichos de mercado.

Por meio de dados tão completos, o leque de possibilidades que se abre para a tomada de decisões estratégicas  —  de curto, médio ou longo prazo  —  é enorme.

De forma geral, podemos dividir o impacto dos dados de pesquisa em dois grupos: internos e externos. Cada um deles têm grande relevância para a sua empresa, de formas formas diferentes.

Veja como a sua empresa pode se beneficiar de usar os dados das pesquisas de marketing tanto de forma interna quanto externa:

Dados internos

Algumas pesquisas podem ser usadas para fazer mudanças internas na empresa. Organizar os fluxos de trabalho e processos estabelecidos com base em dados sólidos de pesquisa pode trazer grandes benefícios.

Entre eles, economia de tempo e recursos, aumento da produtividade dos colaboradores, ambiente melhor de trabalho, capacidade elevada de atrair e reter talentos, entre muitas outras.

Dados externos

Outros dados podem ser usados para definir como a empresa vai se comportar no ambiente externo, ou seja, quais ações vai tomar diante do mercado.

Investir em novos produtos e serviços, garantir um pós-venda melhor, implantar a transformação digital de forma mais completa e realizar parcerias são algumas das possibilidades.

8 benefícios de usar dados de pesquisa nas tomadas de decisão

Não importa se o seu objetivo ao fazer uma pesquisa de marketing. Os benefícios que essa ação pode trazer para a sua empresa são automaticos.

Nos tópicoos abaixo, você pode ver uma lista com 8 recompensas claras de usar dados de pesquisa própria como parte do seu processo de decisão e planejamento de negócios:

1. Geração de valor

Gerar valor para os clientes e parceiros é a melhor maneira que uma empresa pode pensar para se manter relevante no mercado e conseguir bons resultados financeiros.

De que tipo de valor estamos falando? Começamos pelo básico, como atrair tráfego, gerar e nutrir leads por meio de conteúdo de qualidade.

Mas não para por aí, estratégias mais aprofundadas, como ajudar os clientes a ter sucesso com o produto adquirido também são formas valiosas de gerar valor.

As pesquisas de marketing contribuem para cada um destes aspectos, e, dependendo de sua profundidade e alcance, podem até ser usadas para moldar práticas de mercado.

2. Visão de mercado

Uma pesquisa de marketing bem-feita pode expandir a sua visão de mercado de formas que não poderia imaginar.

Na prática, isso significa encontrar brechas a explorar, novos produtos e serviços que vale a pena lançar e uma série de outras possibilidades lucrativas.

Em outros casos, mesmo que não seja para transformar tanto a forma como a empresa opera ou realizar ações disruptivas, você terá a oportunidade de tomar decisões seguras e manter o negócio estável.

3. Construção de autoridade

Ter uma reputação forte é sinônimo de vendas constantes e longevidade, desejos de todo empreendedor.

Empresas que investem na criação de pesquisas e compartilham seus achados com outras ganham credibilidade e se tornam referência, justamente por estar à frente dos padrões de mercado.

Marcas que ditam as regras são vistas de forma muito mais favorável que aquelas acostumadas apenas a segui-las, e a produção de pesquisas é um fator determinante para colocar a sua no primeiro grupo.

4. Geração de leads

Todo conteúdo que a sua empresa produz pode ser usado, direta ou indiretamente, para gerar leads e aproximar as pessoas de conhecer melhor o que tem a oferecer.

Com um conteúdo tão profundo quanto as pesquisas de marketing, mais ainda.

Por compilar os dados de pesquisa em relatórios detalhados, como e-books, e colocá-los à disposição do público para download é a forma mais simples e eficaz de conseguir isso.

Tendo em vista que quanto mais valiosa a oferta, mais informações os visitantes estarão dispostos a compartilhar em troca dela, os seus relatórios podem pedir informações mais detalhadas que outros materiais.

5. Identificação de melhorias

Em que a sua empresa precisa melhorar para evitar perdas, controlar desperdícios ou ficar à frente de concorrentes diretos?

Realizar melhorias contínuas é fundamental para o crescimento de qualquer empresa, mesmo as que estão em uma situação confortável.

Os dados de pesquisa podem ajudá-lo a encontrar os pontos fracos do seu negócio de forma mais rápida, o que significa resolvê-los em menos tempo.

6. Análise competitiva

Parte do processo saudável pela preferência dos clientes é analisar o que os concorrentes têm feito em diferentes aspectos de suas estratégias.

Há quem veja isso como algo negativo, mas a questão não é copiar o que todo mundo faz, e sim aprender com seus erros e acertos para encontrar um diferencial competitivo forte.

Além disso, é muito provável que seus concorrentes estejam, de uma forma ou outra, monitorando suas atividades.

7. Argumentos de vendas

O aumento das vendas exige também uma melhora no poder de persuasão, que passa diretamente pela apresentação de argumentos sólidos, raciocínio lógico e resultados comprovados para tirar qualquer dúvida do prospectivo cliente.

É por isso que vale a pena usar dados de pesquisa no seu processo de vendas. É certo que você vai encontrar dados e padrões que sirvam como bons argumentos e ajudem a convencer os leads a fechar a compra.

8. Parcerias estratégicas

Digamos que, ao analisar os dados de uma pesquisa recente, você tenha encontrado uma brecha no mercado, mas a sua empresa não tem condições de preenchê-la sozinha.

Em vez de deixar a oportunidade passar, você tem em mãos todas as informações necessárias que permitem buscar parceiros estratégicos e executar a nova visão de negócios.

As oportunidades surgem o tempo todo para quem sabe ler o mercado e tomar ações corajosas e inovadoras sem demora.

Os dados de pesquisa servem para nortear essas decisões e torná-las mais claras quando ninguém mais as vê com tanta nitidez.

7 estatísticas de inteligência competitiva que você não pode ignorar

Se a ideia é convencer você a investir nas pesquisas de marketing, nada melhor que usar dados de pesquisa sobre o assunto para provar a sua relevância.

A Crayon, empresa especializada em pesquisas de mercado e inteligência competitiva, fez uma análise completa de como as empresas investem em pesquisas, e quais têm sido seus resultados com isso.

O relatório mostra alguns dados interessantes. Confira:

  1. 89% das grandes empresas usam pessoal dedicado para análise competitiva/de mercado;
  2. 63% das empresas que investem em análise competitiva desejam manter o orçamento, enquanto 33% têm planos de aumentá-lo;
  3. 40% dos programas de análise de mercado/competitiva têm menos de um ano de existência;
  4. apenas 22% das empresas têm objetivos claros ao fazer análise de mercado e competitiva;
  5. 43% do tempo dedicado às pesquisas vai para a fase de pesquisa;
  6. 79% dizem que agir sem demora com base nos dados de pesquisa é fator crítico para o sucesso;
  7. 49% das empresas enxergaram benefícios quantitativos, 61% viram resultados qualitativos, e 31% ainda não souberam definir.

As estatísticas acima nos ajudam a tirar algumas conclusões interessantes:

  • as empresas que investem em pesquisas de marketing têm visto bons resultados, e a maioria planeja manter ou aumentar os esforços nesse sentido;
  • para muitos, as pesquisas de marketing ainda são novidade. As estratégias estão no início, e cometem alguns erros comuns que atrapalham os resultados;
  • o número de organizações que entendem a relevância das pesquisas de marketing tem aumentado, e isso deve continuar acontecendo nos próximos anos.

Cada vez mais empresas entendem que o papel dos dados de pesquisa é crucial para o desenvolvimento de novos negócios, descoberta de tendências de mercado e, de modo direto, para a sobrevivência no competitivo cenário trazido pela transformação digital. Não demore a usar essa estratégia também.

Ainda resta uma questão: como fazer pesquisas de marketing do jeito certo? Veja agora o nosso  guia completo, e aprenda a planejar, executar e gerar leads para a sua empresa usando essa tática!

pesquisa de marketing

Publicações relacionadas
ArtigosPesquisas

Pesquisa do Olist faz um panorama do setor de marketplaces e mostra tendências e oportunidades

ArtigosPesquisas

O que disse o cenário de tendências de conteúdo em 2019

Pesquisas

Content Trends 2019: os principais resultados da maior pesquisa de Marketing de Conteúdo do país

Pesquisas

Social Media Trends 2019: panorama das empresas e dos usuários nas redes sociais