Desenvolva sua equipe

Marketing com conteúdo e o próximo passo para as marcas

marketing com conteúdo

Falamos muito de marketing de conteúdo aqui no blog, afinal, somos especialistas nisso e é essa estratégia que nos fez chegar até você.

Esse termo que se popularizou em 2010 já está na ponta da língua de muitos profissionais de marketing (se você não sabe o que é leia esse texto completo).

Porém, sua definição sempre foi muito rotulada e as pessoas a tratam como um eufemismo para coisas que existem há muito tempo: publicações personalizadas, publicidade e mídia própria.

No entanto, essa estratégia vai bem além dessas definições e pode ter certeza que é muito mais do que você já sabe. O marketing de conteúdo, quando feito corretamente, pode afetar todos os departamentos de uma empresa, desde vendas e marketing até RH e investidores.

Além disso, ele também está se transformando, como toda estratégia de marketing. Hoje o conteúdo caminha junto com o consumidor e não é mais uma maneira de fazer uma propaganda e sim de educar o mercado, criar afeto e ganhar confiança das pessoas.

O novo marketing de conteúdo

Depois de quase uma década de distorção de definição, acredito que os profissionais de marketing precisam começar a falar sobre marketing de conteúdo de uma forma um pouco diferente.

Está claro que a maioria das marcas amadureceram na maneira como pensam sobre o conteúdo.

Se as marcas historicamente usaram seus blogs para aumentar o reconhecimento da marca, agora é hora do conteúdo se aplicar a todo o funil de marketing.

Os fundamentos da narrativa ainda podem criar geração de demanda, ativação de vendas e retenção.

Se selecionarmos as táticas das quais o profissional de marketing moderno tem que escolher, vemos que cada uma delas melhora quando o conteúdo é feito e aprimorado.

Novas tecnologias e o papel do conteúdo

Com a mudança do papel do conteúdo, combinar as novas tecnologias com essa estratégia nunca deu tão certo.

Vamos pensar, por exemplo, nos assistentes de voz como um novo canal de oportunidade de venda. Com a busca inteligente, os mecanismos de busca procuram entender a intenção da pesquisa e oferecem apenas um resultado para a pergunta do usuário.

Por exemplo, se você perguntar “o que é transformação digital?” para o Google Assistente, ele oferecerá o resultado mais relevante e confiável por meio do featured snippet, que no caso foi o do blog Marketing de Conteúdo.

Os Features Snippets, ou caixas de respostas, são respostas diretas e sucintas para uma pesquisa de palavra-chave. Eles visam responder diretamente a intenção da busca do leitor sem que ele visite alguma página.

Por isso, o conteúdo dele é a resposta para perguntas feitas no Google Assistente.

Isso é incrível, já que são as próximas tecnologias emergentes na sociedade. Aqui no Brasil, usar os assistentes de voz ainda não é uma prática muito usada, mas em outros países é impressionante como as pessoas já colocaram essa perspectiva em seu cotidiano.

Estudos da ComScore apontam que até 2020 cerca de 50% das consultas serão feitas por voz, e isso é só uma das vertentes que irá mudar o comportamento do consumidor.

Um conteúdo mais bem distribuído

O marketing de conteúdo é indiscutivelmente uma das formas de marketing mais evolutivas. É preciso estar atualizado com as tendências, as estratégias e as melhores práticas dessa técnica, especialmente porque os consumidores se renovam a cada dia.

Chatbots são uma grande oportunidade de distribuição de conteúdo. Eles vão atrair, engajar e converter.

Passando pelo que cada plataforma tem para oferecer em termos de escopo de marketing, os bots são uma possibilidade de engajamento e conversão como nenhuma outra.

Portanto, com a evolução de como criamos e consumimos conteúdo, permanecer em uma estratégia tradicional só dará certo se você se adaptar às mudanças e aos novos hacks de marketing de conteúdo.

Afinal, conhecer o seu público, onde eles estão e como eles gostam de consumir informações é o que decidirá se a sua estratégia será bem-sucedida ou não.

Os chatbots chegaram para mostrar que era possível criar uma forma de distribuir conteúdos de qualidade exclusiva para nichos mais estreitos. Assim, você também consegue ouvir o seu público e entender o que eles precisam.

Afinal, os aplicativos de mensagem são um investimento que prometem muito e estão cumprindo. Por serem mais intimistas e terem a capacidade de serem programados para personalizar a experiência do consumidor, essa tecnologia acaba sendo uma novidade para o consumidor.

Além disso, de acordo com o BI Intelligence, hoje os aplicativos de mensagem ultrapassaram a audiência dos aplicativos de redes sociais e, segundo uma pesquisa da Take, 70% das pessoas estão começando a preferir conversar por aplicativos de mensagem que por outros meios.

Conteúdo em todos os canais

Com o conteúdo, as marcas já estão conseguindo criar um engajamento vindo do público-alvo.

Dessa forma, as empresas terão seu público entrando em contato com as informações que você gera em todas as suas táticas de marketing, vindas de uma unidade de campanha bem sustentada.

Estruturas organizacionais vão mudar, pois o seu cliente já mudou. E a tecnologia que as organizações usam precisa mudar com elas.

É por isso que as empresas precisam criar uma unificação entre sua estrutura omnichannel.

Toda marca é a soma das histórias que ela conta. Infundir conteúdo em todos os aspectos do marketing, não apenas nos blogs e perfis sociais tradicionais, é a melhor maneira de construir essa história.

Os recursos que você usa para fazer isso podem ser artigos e infográficos, mas também devem incluir e-books, calculadoras, webinars, estudos de caso, vídeos, imagens e muito mais.

De qualquer forma, é hora de os profissionais de marketing começarem a pensar no conteúdo como a bateria que sobrecarrega tudo o que eles fazem. O conteúdo não é mais apenas um canal e sim uma fonte de oportunidades.

Para saber mais sobre marketing de conteúdo conheça o nosso blog focado em práticas inovadoras e extremamente relevantes dessa estratégia.

Publicações relacionadas
ArtigosDesenvolva sua equipe

Como começar sua estratégia de marketing de conteúdo em 2019

Desenvolva sua equipe

Vale do Silício: empresas que podem te trazer insights valiosos

Desenvolva sua equipe

Marketing de Conteúdo para Educação em uma estratégia concreta

Desenvolva sua equipe

Customer Success e onboarding: o segredo de uma aliança perfeita