Pesquisas

Marketing para millennials: O Youtube revela o perfil dos pais da nova geração

marketing para pais millennials

No post especial de dia dos pais, traduzimos esse relatório do Think With Google, que pode ser encontrado originalmente neste link.

Os Millennials estão lidando com a paternidade de forma diferente das gerações anteriores.

A maneira como eles assistem o Youtube revela algumas idéias mais amplas sobre seus valores exclusivos e estilos de paternidade.

Imagine um millennial. O que você vê? Um jovem de pijamas sentado na frente de um computador? Alguns tirando uma selfie? Acredito que você provavelmente não imaginou um pai passando tempo com os filhos.

No entanto, à medida que os millennials mais antigos ultrapassam os 30 anos e se aproximam dos 40, mais de 40% da geração já são pais. Os estereótipos não se alinham com as estatísticas.

Pensando nisso, realizamos recentemente pesquisas com o Flamingo e Ipsos Connect para entender o que torna os pais millennials diferentes, e o que essas diferenças significam para marcas que estão tentando entrar em contato.

Se você é faz marketing para millennials, talvez seja hora de questionar se seus preconceitos correspondem à realidade. Aqui estão alguns exemplos do que fazer e do que não fazer para se conectar com estes pais.

Não pense que você está falando somente com a mãe

“Nós não estamos aderindo aos papéis de gênero. Minha filha brincou que ela nunca me viu [mãe] lavar um prato. Queremos que nossa filha se veja como uma pessoa igual no mundo e que é digna do seu trabalho ser respeitado, com os seus pensamentos sendo respeitados “. -Tenika, 30

Os pais millennials estão assumindo papéis ativos como pais. Isso é facilmente comprovado ao analisar o comportamento destes no YouTube, no qual observa-se o acesso de mais conteúdos relacionados aos pais do que às mães.

Marketing Millennial Parents Youtube Insights 01 01

Na imagem, as estatísticas mostram que:

  • 86% dos pais millennials utilizam Youtube para ver orientações sobre os tópicos de paternidade como preparar refeições, usar um produto ou como montar berços.
  • 82% dos pais millennials assistem vídeos no Youtube relacionados a notícias sobre cultura geral ou pop para se conectarem com seus filhos.

Takeaway: os pais millennials dividem os papéis de gênero estereotipados e estão envolvidos mais do que nunca.

No Youtube, vemos a forma como o pai se envolve. Ele é mais propenso do que a mãe a procurar orientações que envolvem paternidade no Youtube e usa este canal para se conectar com seus filhos.

Quando você faz marketing para pai ou faz seus anúncios com conteúdos familiares, não assuma que você está falando apenas com a mãe.

O trabalho #DriveProgress da Audi é um excelente exemplo de uma marca que está pensando de forma criativa sobre os pais millennials.

https://www.youtube.com/watch?v=G6u10YPk_34

Eles têm conversas sinceras com as crianças

 

 

“Eu quero que minha filha entenda alguns erros que eu cometi. Podemos conversar uma com a outra. Eu quero que ela tenha uma experiência humanizada e não sinta que ela tem que viver como se ela fosse perfeita, porque isso não é real”. – Lauren, 30

Os pais millennials assumem um papel mais íntimo e menos hierárquico com seus filhos do que os pais das gerações anteriores.

Para esse fim, eles querem um diálogo aberto e honesto com seus filhos.

De fato, cerca de 8 dos 10 pais millennials concordam que seu filho é um dos melhores amigos deles.

Além disso, 74% dos pais milenares envolvem seus filhos nas decisões domésticas. Isso é significativamente maior se comparado aos pais da Geração X.

Portanto, não é de admirar que os pais millennials observem o Youtube como uma maneira de iniciar essas conversas abertas.

Marketing Millennial Parents Youtube Insights 01 02 B

Na imagem, as estatísticas mostram que:

  • 65% dos pais millennials dizem que assistem vídeos no Youtube para compartilhar parte da suas infâncias com seus filhos.
  • 72% dos pais millennials dizem que assistem vídeos no Youtube para estarem por dentro do mundo dos seus filhos.

Takeaway: Millennials possuem relações reais com seus filhos, e isso tem implicações para o tipo de conteúdo que eles assistem.

Eles não usam apenas o Youtube para se sintonizar. Eles também usam esse canal para sintonizar o que seus filhos observam e amam.

“Meu filho sempre me mostra vídeos de jogos que ele está assistindo. Não gosto do jogo em si, mas estou interessada no que ele está interessado”. – Marquita, 32

Anúncios e conteúdo podem ser um estímulo para essas conversas, o que abre oportunidades para as marcas desempenharem um papel.

A campanha da Always “Keep Playing” é um excelente exemplo de uma marca mostrando a importância dessas conversas.

 Não imagine os Millennials somente em uma posição do paternalismo

 

 

“A questão do paternalismo que nos definiu até agora é como priorizamos nosso filho e também como nos priorizamos também”. -Matt, 31

Mesmo como pais, os millennials mantêm suas paixões pessoais mais do que gerações passadas.

Isso significa em ter um tempo para si, incorporando seus filhos em seus hobbies, ou ambos. E o Youtube muitas vezes desempenha um papel nesse tempo.

Marketing Millennial Parents Youtube Insights 01 03 B

Na imagem, as estatísticas mostram que:

  • 75% dos pais millennials continuaram a perseguir suas paixões pessoais desde quando eles tiveram seus fillhos, o que é significamente maior se comparar as gerações com o comportamento paternal.
  • 91% dos pais millennials assistem vídeos no Youtube para ficar por dentro das notícias da cultura geral e pop.

Takeaway: Mais do que qualquer geração anterior, os millennials se preocupam em preservar um senso de si mesmo quando enfrentam a paternidade.

Tornar-se “Mãe” ou “Pai” não significa deixar de lado aquilo que você gosta e quem você é. Do desenvolvimento criativo à segmentação do seu público, não esqueça que ser “pai” é apenas uma parte da identidade de um millennial.

Se você está procurando alguma inspiração para refletir sobre os pais millennials, como realmente são, o canal do Youtube do Millennial Moms é retrata bem esta realidade.

Seja uma alternativa para os pais em seus momentos de necessidade

“Eu definitivamente confiaria nas marcas. Quando uma marca está lhe dizendo como usar um produto específico, especialmente quando se lida com um bebê, ela explica se você está ou não o procedimento corretamente”. -Rudresh, 33

Não há um livro de regras para pais, e os pais millennials estão abertos a orientação. Em outras palavras, eles recebem uma pequena ajuda de seus amigos. E isso inclui as marcas.

Millennials procuram um conteúdo, especialmente quando precisam de uma resposta.

Marketing Millennial Parents Youtube Insights 01 04 B

Na imagem, as estatísticas mostram que:

  • 3 em cada 4 pais millennials abrem vídeos de marcas e empresas no Youtube quando eles vêem alguma orientação que envolve tópicos parentais.
  • 72% dos pais millennials usam o Youtube para fazer melhores compras para seus filhos.

Takeaway: os pais millennials procuram orientação, e no Youtube é ajuda nessa questão, desde assuntos de paternidade até produtos. Eles vêem algumas marcas como líderes de pensamento neste espaço e estão abertos a ouvir a opinião deles.

Johnson’s Baby é um ótimo exemplo de uma marca que estava lá em um momento de necessidade, com tutoriais passo-a-passo para colocar o bebê para dormir.

 

 

Se a sua marca procura envolver pais millennials, considere como eles se diferenciam neste novo papel comparado às gerações anteriores. Eles estão criando novas vertentes de paternidade, compartilhando responsabilidades, rompendo os estereótipos de gênero, mantendo suas paixões como uma prioridade e sendo reais com seus filhos.

O marketing para pais millennials significa, efetivamente, refletir essas realidades de volta para eles.

Publicações relacionadas
ArtigosPesquisas

Pesquisa do Olist faz um panorama do setor de marketplaces e mostra tendências e oportunidades

ArtigosPesquisas

O que disse o cenário de tendências de conteúdo em 2019

Pesquisas

Content Trends 2019: os principais resultados da maior pesquisa de Marketing de Conteúdo do país

Pesquisas

Social Media Trends 2019: panorama das empresas e dos usuários nas redes sociais