Artigos

Liderados precisam entender o porquê das mudanças

Líder deve explicar mudanças para os liderados

A pandemia causada pela covid-19, sem dúvidas, fez com que empresas de todo o mundo precisassem se adaptar e ajustar o modelo de negócios para a nova realidade.

Companhias foram pegas de surpresa, e os colaboradores ficaram diante um futuro incerto: o que será dos negócios nos próximos dias? Será que a empresa onde trabalho sobreviverá ao isolamento social? Momentos como esse podem causar uma certa ansiedade e, infelizmente, esse é o cenário para muitos brasileiros.

Muitos gestores não tiveram tempo de rever os processos e planejar uma nova estratégia para sobreviver à pandemia e, por isso, alguns empresários ainda não tenham conseguido conversar diretamente com sua equipe para explicar mudanças e elaborar um plano de ação de modo que todos permaneçam eficientes, tranquilos e produtivos em suas rotinas. 

Mudanças precisam ser explicadas, não apenas comunicadas

Existe uma diferença muito grande entre comunicar e explicar algo. Infelizmente, diante da situação atual, muitos empresários comunicam, mas não explicam as mudanças que estão ocorrendo na empresa. 

A explicação exige que vários cuidados e passos sejam tomados:

  • levantar as possibilidades de mudança dentro da empresa;
  • entender quais são os riscos e como essas mudanças vão implicar no dia a dia do negócio;
  • identificar as melhores maneiras de comunicar aos colaboradores;
  • designar alguém que fique responsável por essa comunicação;
  • aprender a ouvir quais são as preocupações dos funcionários e responder a cada uma delas;
  • não falar apenas qual é a mudança, mas explicar a razão por trás de cada novidade dentro da empresa.

Um artigo feito pela Harvard Business Review declarou que explicar a razão por trás das mudanças realizadas é uma forma de trabalhar com a empatia e melhorar a persuasão durante o processo de comunicação, e que esse cuidado pode ser fundamental para que os colaboradores engajem com os novos processos.

Como explicar mudanças na empresa

A comunicação dentro da empresa precisa ser a mais transparente e eficiente possível. Para isso, é fundamental que os gestores sejam honestos com os colaboradores e apresentem todas as informações mais relevantes para que eles estejam cientes do que está acontecendo. É comum que empresas tenham receio de contar determinadas coisas para os funcionários por acharem que eles não “aguentariam” saber a verdade. No entanto, não é bem assim que funciona.

Um estudo feito pela Quantum Workplace em 2018 mostrou que apenas 25,9% funcionários entrevistados afirmaram que, quando a empresa realiza mudanças no dia a dia, eles entendem os motivos para tal.

O cuidado durante a comunicação organizacional também é importante. É preciso saber exatamente quais são as melhores maneiras de anunciar as mudanças da empresa, tomar nota das possíveis complicações decorrentes dessas medidas e, a partir daí, identificar como dar a notícia para os funcionários. É importante que os gestores aproveitem esse momento para entenderem, também, quais são as maiores preocupações dos seus colaboradores e esclarecer todos esses detalhes.

Nesse processo de comunicar uma mudança dentro da empresa, os gestores também precisam ser capazes de deixar evidente para cada um dos funcionários quais são as expectativas, quais são as alterações em cada setor e o que a empresa espera desses colaboradores. É importante também manter uma comunicação clara sobre o que está mudando e explicar que, mesmo que algumas pessoas da equipe sejam contrárias a essas modificações, elas são necessárias e permanecerão para o crescimento saudável da empresa e o enfrentamento de uma crise.

Para ter uma comunicação eficiente, pode ser interessante também ter um responsável por conversar sobre esse tema com a equipe: estabelecer um gestor para dar as notícias para os colaboradores ajudará a direcionar a atenção para uma pessoa específica, que será responsável não só por explicar quais são as mudanças como, também, o que a empresa está esperando de cada um dos colaboradores neste momento.

Alguns empresários podem, inclusive, achar que é bobagem olhar para a comunicação com tanto cuidado e estabelecer toda essa linha de raciocínio para se comunicar com a equipe. No entanto, como visto nos números apresentados pela Quantum, infelizmente apenas uma pequena parte dos colaboradores, dentro da amostra analisada, realmente conseguem compreender as razões pelas quais as mudanças são feitas dentro das organizações.

Seus liderados estão sensíveis, leve isso em consideração

O susto e a incerteza causados pela pandemia certamente mexeram com a sensibilidade de todos, o que inclui os colaboradores da empresa. Por isso, é importante que os gestores responsáveis por essa comunicação sejam ainda mais delicados e atenciosos durante esse período. 

Uma rotina interessante para esse momento é conversar com os colaboradores periodicamente, entender o que está acontecendo e dar o suporte necessário para que eles se cuidem e consigam lidar com a situação da melhor forma possível.

Além disso, é interessante manter um diálogo para identificar quais estão sendo os desafios e dificuldades do novo modelo de trabalho, e como a empresa pode ajudá-los. Nesse período, muitos negócios, dos mais diversos mercados, precisaram readaptar sua forma de trabalhar, alterando processos e atuando, inclusive, em home office. Os gestores precisam estar próximos dos funcionários para saber quais são os gargalos, caso eles existam, e identificar possíveis soluções para cada um deles.

O papel do líder no momento de explicar mudanças para a equipe precisa ficar claro: ele não será apenas a pessoa que apresentará a novidade, mas também precisa construir uma relação de confiança entre funcionário e empresa, para melhorar a compreensão dessa informação e garantir que esses profissionais realmente estejam engajados e produtivos diante suas respectivas atribuições.

O enfrentamento de uma crise como a pandemia que está assolando o mundo precisa de gestores que consigam enxergam além do óbvio. Esse é um momento em que empresas devem se reinventar para se adequarem aos novos padrões de consumo e às novas necessidades dos clientes. Uma gestão diferenciada é fundamental em momentos tão delicados como esse. Existem pontos essenciais e que são muito visíveis em uma boa gestão durante uma crise.

Publicações relacionadas
Artigos

Sistemas de gestão de aprendizagem auxiliam a aumentar o LTV de empresas

Artigos

Como o Facebook ainda está crescendo?

Artigos

Compaixão e liderança vão bem juntas?

Artigos

A Mídia Out-Of-Home durante o coronavírus