ArtigosDesenvolva sua equipe

A nova era do CMO: 6 Insights para o executivo de marketing atualizado

A nova era do CMO: 6 Insights para o executivo de marketing atualizado

O Marketing Digital está evoluindo e o CMO também. Você já parou para pensar quais serão as características que irão definir o CMO nos próximos anos?

Os CMOs modernos sabem que o crescimento e a fragmentação dos canais de marketing estão criando novas oportunidades de atingir um futuro cliente.

No entanto, eles também reconhecem que, ao mesmo tempo, essas tendências aumentam significativamente a personalização, a complexidade e os volumes de conteúdo e de dados que é necessário gerenciar.

Neste post vamos abordar os principais insights que descobrimos e dividir com você dados que todo CMO moderno precisa saber. Não deixe de conferir!

1) O CMO moderno é líder

De acordo com a pesquisa da Percolate, um CMO Moderno é aquele que supervisiona como os clientes utilizam os produtos ou serviços da sua marca, de ponta a ponta, ao construir sistemas que maximizam o alcance, integridade, consistência e eficácia de cada mensagem que ele deseja passar.

Além disso, o CMO moderno é um líder construtor de equipes, de relacionamentos, de integrações de tecnologia e, o mais importante, de visão sobre como encantar os clientes.
No geral, ele possui 3 traços de definição:

  1. Tem uma compreensão matizada de seus cliente em todos os canais, e entende que cada cliente interage com a marca física e digitalmente;
  2. Sabe que o futuro do digital é móvel;
  3. Comprador de tecnologia.

Aqui na Rock Content, para garantir o melhor resultado, somos muito preocupados com a qualidade de trabalho da nossa equipe. Para isso, investimos muito no treinamento dos funcionários.

O nosso CMO, Diego Gomes, explicou por que e como ele investe no treinamento do Time de Marketing da Rock Content.

“Contratando funcionários que têm apetite para aprender, consigo preencher um pouco o espaço que o ensino formal deixa. É fundamental que os integrantes do meu time tenham uma vontade e atitude de ir atrás de conhecimento, até pelo motivo de estarmos falando de um mercado em que as mudanças são diárias.”

Diego Gomes, CMO da Rock Content

2) O CMO moderno sabe que cada estratégia é diferente para cada canal

Um CMO moderno tem a compreensão da diferenciação de cada cliente em cada canal.

Na era digital, as redes sociais e outros canais digitais só aumentam. E ele sabe que a demografia, interesse e dispositivo de cada rede social possui suas particularidades.

Redes sociais como o Facebook, YouTube, Twitter, Snapchat e Instagram sustentam uma grande parte dos clientes que possuem experiência e acompanham as marcas.

Confira neste gráfico o número de usuários mensais das principais redes sociais globais, de acordo com a pesquisa da Percolate:

Top social globally

3) Os CMOs são os novos CXOs

Dentro das empresas digitais, os CMOs estão criando conteúdos de experiências para os clientes, ou seja, eles são os responsáveis pela experiência do cliente com os produtos ou serviços.

Como parte da jornada do cliente, as experiências vão além do atendimento ao cliente, sua função é criar algo único e verdadeiramente memorável.

A sigla UX, ou User Experience, é o investimento que precisa ser feito. Fazer com que cada usuário sinta que aquele produto foi feito para ele e personalizado de acordo com o seu gosto destaca os aspectos afetivos e interativos entre a marca e o cliente.

É importante sempre se atualizar, já que a experiência do usuário é dinâmica, devido às constantes inovações.

De acordo com a pesquisa da Percolate, apenas 62% dos executivos relatam que seu conteúdo multicanal de experiência é eficaz, e apenas 57% priorizam a experiência multicanal do cliente.

Esta pesquisa também revelou que existem quatro desafios principais entre os CMOs. Confira quais são eles:

  1. Capacidade de construir relações duradouras com o cliente;
  2. Capacidade de projetar e entregar experiências de marca;
  3. Capacidade de usar vários canais estrategicamente;
  4. Capacidade de aproveitar os canais digitais de forma eficaz.

4) O CMO moderno sabe da importância da experiência mobile

Um CMO moderno compreende a importância da responsividade móvel. Em comparação, os CMOs que não são focados em sua presença móvel estão ficando para trás.

Na nossa pesquisa E-commerce Trends 2017, descobrimos que 44,3% das compras online realizadas pelos clientes brasileiros são feitas por meio de smartphones.

Dispositivos usados para realizar compras em e-commerces

Além disso, na pesquisa Content Trends 2017, o smartphone (87,5%) foi apontado pelos participantes como o dispositivo mais usado para o consumo de conteúdo. O notebook (69,6%) ocupa a segunda posição e em seguida aparece o desktop (39,9%) e o tablet (11,9%).

dispositivos usados para o consumo de conteúdo

Dados dessa pesquisa também revelaram a experiência dos participantes com esses dispositivos. O smartphone, dispositivo mais usado, é o que apresenta a pior avaliação dos participantes da pesquisa, com nota 7. E mesmo não sendo tão usado, o notebook tem a melhor nota, 8,6.

avaliação da experiência de consumo de conteúdo nos dispositivos

Com esses números, é possível notar como aparelhos dos mais variados tamanhos são utilizados para fazer compras, pesquisar marcas e consumir conteúdos.

Por causa disso, é muito importante para um CMO moderno lembrar da importância de um design responsivo — ou seja, que se adapta a plataformas móveis.

Assim, será possível ajustar a disposição dos elementos visuais para que eles se adequem à resolução e ao tamanho da tela e, desta forma, oferecer uma experiência melhor para o visitante do seu site.

5) O CMO moderno é estratégico

O CMO moderno se preocupa com a tecnologia, e o mais importante, é estratégico na organização.

Esta é uma grande responsabilidade, uma vez que ele deve acompanhar os desafios do marketing e a enorme quantidades de dados gerada. É preciso documentá-los.

Mensurar seus resultados e estabelecer metas orienta o CMO e a equipe para o que está dando certo e o que não está. As decisões ficam mais fáceis e a conquista da confiança dos clientes também, já que você terá números concretos para apresentar.

Além disso, para não perder o ritmo, os CMOs têm que recorrer ao próprio fato que tornou o trabalho muito mais desafiador — a tecnologia. Para gerenciar a diversidade das comunicações e suas evoluções, eles precisam se tornar compradores de tecnologia.

Tudo isso acontece pois a velocidade com que as novas tecnologias são adotadas pelos clientes se movem rapidamente.

6) O CMO moderno precisa conhecer a nova geração

Segundo a pesquisa do Think With Google, 2 em cada 3 adolescentes já estão fazendo compras online.

Em relação às pessoas de 25 a 34 anos, se compararmos as preferências entre compras online e compras em loja física, veremos que os números são bem próximos, 89% e 96% respectivamente.

Atualmente, é a Geração Z que dita as tendências dos e-commerces e ela é um ótimo grupo do mercado para ser explorado.

Porém, para explorar e lucrar com este público, é necessário conhecê-lo e entender seu comportamento.

Não adianta fazer o Marketing nas plataformas e redes sociais, se as marcas não fizerem um diferencial para os jovens.

O mais importante é proporcionar experiências positivas desta geração com a sua marca, e assim, explorar este mercado que pode render um ótimo retorno.

Conclusão

Na era do CMO moderno só cabe a você se atualizar. A velocidade em que as tecnologias evoluem estão cada vez mais altas.

Um CMO precisa se dedicar para ser líder e guiar a sua equipe para o sucesso. Para saber mais dicas leia o post o que faz um CMO na era do Marketing Moderno do CMO da Rock Content, Diego Gomes.

Publicações relacionadas
Artigos

O profissional T do Marketing

Artigos

Leitura ganha destaque na quarentena

Artigos

Mumbuca, o dinheiro maricaense

Artigos

Os primeiros passos em machine learning