Artigos

Como a covid-19 está afetando os publishers e como lidar com esses desafios

Como a covid-19 tem afetado os publishers

A publicidade digital está começando a sentir os efeitos do coronavírus. Na maior parte, o tráfego está na frente e a covid-19 está impulsionando esse aumento. Apesar de haver muito mais olhos em anúncios nesse momento, alguns nichos estão enfrentando problemas e a receita dos publishers oscila.

O engajamento do conteúdo online está aumentando, especialmente para tópicos específicos baseados em notícias. Alguns anunciantes têm receio de comprometer orçamentos durante esse período, enquanto outros estão agindo e adaptando sua estratégia.

Sites de entretenimento como o BuzzFeed estão vendo aumentos de tráfego de dois dígitos, e não em tópicos muito importantes sobre o coronavírus, mas em conteúdo de entretenimento. O conteúdo focado em compras, como o de produtos de limpeza, também está passando por um pico. Para os anunciantes, parece que alguns notaram um menor rendimento no conteúdo relacionado ao vírus. Já para alguns editores premium, como o BuzzFeed, o relacionamento direto com os anunciantes permaneceu inalterado.

Embora seja difícil identificar os efeitos exatos do vírus para os publishers, em geral, os anúncios continuam com uma performance normal para a maioria. Alguns podem ver uma diminuição no tráfego e no comportamento do consumidor, outros, dependendo do nicho, podem receber melhorias nunca antes vistas. Para quem está preocupado, há maneiras de trabalhar nesse cenário.

Mais ousadia no conteúdo

Talvez seja hora de mudar um pouco o conteúdo se o seu modelo de negócio permitir. Nesse momento, o comportamento do público sofreu alterações, então refaça suas pesquisas de palavras-chave.

Mais pessoas estão em casa no momento, mas isso não significa que elas estão navegando na internet da mesma maneira que navegavam antes, as prioridades mudaram. Mais pessoas estão cozinhando, criando coisas, jogando e lendo notícias. Talvez, retomando projetos ou buscando novos hobbies.

Se você conseguir criar um conteúdo mais relevante para a situação atual e esse novo modelo de comportamento, aproveite a oportunidade e faça isso. Ainda que haja mais leitores online, estará competindo pela atenção deles como nunca antes.

Concentre-se em:

  • produzir conteúdo relevante;
  • criar um inventário valioso de anúncios ;
  • controlar a otimização de palavras-chave.

O Google anda planejando uma atualização principal, ainda assim, atualmente o SEO deve gerar 22% de todas as visitas ao site, portanto, otimize sempre, mas não faça mudanças radicais no momento. Sabemos  que o conteúdo tem sempre o lugar de maior destaque, mas se estiver escrevendo ou falando sobre o coronavírus, certifique-se de usar dados e fontes respeitáveis e confiáveis.

De qualquer forma, não deixe que todo o seu conteúdo seja sobre a covid-19, isso pode te ocasionar perda de anunciantes que não querem seus anúncios e suas marcas associadas à pandemia.

Se o CPC caiu, é hora de melhorar o CTR

O RPM / RPS / CPM caiu para todo o setor. Portanto, concentre-se em melhorar o posicionamento dos seus anúncios para aumentar a CTR, por exemplo.

Somente os editores do AdSense na América Latina tiveram a maior queda no desempenho. Uma das razões para isso é que a demanda do AdSense é principalmente do adwords, e muitas pequenas empresas usam o adwords.

Portanto, como as pequenas empresas foram as mais afetadas, a demanda encolheu drasticamente. Os editores que executam o AdX e os lances de cabeçalho estão mais protegidos devido ao conjunto de anunciantes que fazem lances para a pilha de anúncios. Muitos dos grandes anunciantes usam DB360, appenexus, entre outros, para suas campanhas. 

Esse pode ser um momento crucial para que o publisher comece a explorar outras opções de redes de anúncios. Passar do AdSense para o Ad Exchange, por exemplo, pode ser um desafio, mas a mudança não pode ser descartada.

Compra de tráfego

Se o CPC caiu, a compra de tráfego também. Essa é uma oportunidade para comprar tráfego e criar uma audiência, já que agora é mais barato fazer a aquisição de público. Explore suas opções de compra de tráfego e analise qual se encaixa no seu negócio.

Aproveite para criar listas para aumentar seu tráfego posteriormente. Pode ser a hora de investir em uma ferramenta de campanha de e-mail marketing, focada na geração de tráfego, como a Activecampaign.

Otimização

Em épocas como essas, os editores devem testar novas soluções, se o desempenho já está baixo devido à situação atual, você tem mais a ganhar do que perder em testar. Os publishers que testam e investem durante a crise são os que ficam no topo.

Considere o que pode melhorar, como: tempo de carregamento da página, tecnologia de anúncios, atualizações para tendências atuais, focar em fill rate, usando refresh inteligente de anúncios, dentre outras.

Diagnostique os diversos tipos de problemas de carregamento de página, tempo limite e configuração nos quais você está enfrentando seus parceiros de publicidade, servidor de anúncios e adaptadores de Header Bidding.

Além disso, obtenha uma visualização em tempo real de erros ou avisos significativos provenientes de páginas específicas da sua configuração do Google Ad Manager, o que pode ajudar muito.

Reflita que, apesar dos gastos com anúncios em geral diminuírem, a compra programática para dispositivos móveis deve aumentar. Certifique-se de que o seu site está otimizado para esses dispositivos e esteja preparado para a mudança.

Em tempos de incerteza é essencial se adaptar às mudanças e é importante entender o que precisa ser mudado rapidamente. Para isso, trabalhe orientado por dados e tire o máximo possível de informação útil dos seus relatórios. Esse é o momento para estar totalmente conectado com seu usuário e as eventuais mudanças de comportamento que ele pode ter.

Este artigo é um guest post

O conteúdo foi escrito por Pedro Saynovich, Gerente de Expansão, e Mariana Ribeiro, Inbound Marketer LatAm da MonetizeMore. A empresa aumenta a receita de anúncios de grandes editores implementando um leilão no qual muitas redes de anúncios fazem lances em tempo real em seus sites. Conheça mais no site.

Publicações relacionadas
Artigos

Predizer ou prescrever, eis a questão

Artigos

Por que focar em small data?

Artigos

Como liderar com a ansiedade ao seu lado

Artigos

Compras em lojas físicas: ao vivo, mas sem sair de casa