Artigos

Centauro continua a animar o mercado

Recuperação da Centauro

2019 não foi fácil para a Centauro. A marca passou por dificuldades e enfrentou diversos desafios para conseguir se reestruturar e conquistar novas oportunidades no mercado — oportunidades essas que estão prometendo um crescimento interessantíssimo em 2020.

A recuperação da Centauro foi um marco que promete a coleta de diversos frutos nos próximos anos. Aliadas à tecnologia, as lojas de Geração 5 são uma promessa e estão entre as maiores apostas dos especialistas.

Mas, afinal, o que foi que aconteceu com a Centauro e como ela se recuperou de uma crise que prejudicou seus resultados?

A volta da Centauro ao jogo a colocou em local privilegiado

Em 2018, a empresa registrou um lucro líquido com queda de 38% em relação ao ano anterior, fechando o caixa com R$ 148,7 milhões. A empresa começou 2019 enfrentando um grande desafio: mudar essa realidade para que o negócio continuasse crescendo e não decaísse ano a ano.

Ainda em 2019, foi realizado o pedido de abertura de capital, para que a empresa pudesse receber verba para investir em seu crescimento e desenvolvimento. Esse pedido de abertura de capital foi bem-sucedido, e a empresa conseguiu mais de R$ 772 milhões.

O que colocou a gigante em local privilegiado foi esse investimento: com verba, a recuperação da Centauro se tornou possível, e as expectativas para 2020 estão altas.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Investimentos na Centauro devem crescer

A Eleven Financial colocou a Centauro no radar para investimentos em 2020. A empresa acredita que existe uma grande possibilidade de consolidação no setor esportivo, com a abertura de novas lojas e o início das lojas Geração 5, que serão fundamentais para virar a chave da Centauro e garantir seu crescimento e desenvolvimento.

Em abril de 2019, a marca decidiu abrir seu capital e, com esse esforço, alcançou a R$ 772,2 milhões, com ações precificadas a R$ 12,50. Essa abertura de capital também foi fundamental para que a empresa conseguisse estruturar um plano de ação para seu desenvolvimento nos próximos anos, o que abrirá ainda mais vantagens para a gigante esportiva. Além da criação de novas lojas, a Centauro também investirá em entregas pelo Rappi, o que promete transformar a realidade da empresa.

A compra da Nike

Com a compra da Nike no Brasil, a Centauro será responsável pela distribuição exclusiva dessa marca no país. A aquisição custará cerca de R$ 900 milhões e com ela, o Grupo SBF — proprietário das Lojas Centauro — estará responsável pela comercialização de itens de vestuários, acessórios, equipamentos esportivos e, claro, os famosos calçados da marca.

Nos 10 primeiros anos, a organização vai comandar o e-commerce da Nike e nos 5 anos iniciais pode abrir e também comandar lojas da marca estadunidense no Brasil.

Inovação tem poder de expandir presença da marca

Ao que tudo indica, inovação será o braço direito da empresa no caminho à sua expansão. Aumentar a presença de marca nesse momento é fundamental para o crescimento da Centauro, e as estratégias da empresa estão focadas nessa melhoria significativa.

São várias as ações adotadas pela companhia para conseguir transformar essa realidade. Hoje, a empresa disponibiliza uma plataforma de vendas dentro do marketplace da Americanas, uma das maiores lojas de varejo na internet. Nessa plataforma, a Centauro também se preocupa com a experiência de compra dos seus consumidores, além de oferecer um serviço de entrega e suporte pós-venda.

De acordo com uma entrevista dada pelo diretor executivo de digital da Centauro, Gustavo Furtado, o objetivo da empresa é se conectar com a comunidade esportiva por diversos canais. Dessa forma, ele acredita que faz sentido estar em parceria com o marketplace devido à oportunidade de entrar em contato com uma base diferente de consumidores que estão buscando marcas e produtos comercializados pela Centauro.

A grande vantagem da empresa no marketplace da Americanas? Seu histórico. A confiança do consumidor sem dúvidas exerce grande impacto no momento da decisão de compra, e a Centauro, por ser grande e consolidada, sem dúvidas é capaz de oferecer tranquilidade para seus clientes no mercado online.

De acordo com dados divulgados pela Imprensa Mercado & Consumo, a organização está conquistando um crescimento digital notável, com resultados pautados às estratégias omnichannel da empresa. Entre os dados divulgados, é possível observar que as vendas que integram os mais diversos canais da empresa conseguiram atingir o marco de R$ 72,1 milhões durante o segundo trimestre de 2019. Esse dado mostra uma alta de 87,1% em relação aos últimos anos, além de 54,9% das vendas realizadas no e-commerce.

Lojas de Geração 5

Além do marketplace na Americanas, a Centauro está investindo em lojas de Geração 5, que trazem uma proposta diferenciada. Com esse investimento, a empresa busca se tornar um verdadeiro hub de esportes, com iniciativas junto a parceiros, oferta de cursos e workshops voltados para o mundo esportivo e, claro, transmissões de jogos ao vivo.

As lojas Geração 5 da Centauro contam com diversos recursos que prometem transformar a experiência do consumidor e construir uma relação além da compra propriamente dita.

Provador inteligente

A primeira grande mudança é o provador inteligente. As cabines permitem que o consumidor consulte informações sobre os produtos através de uma tela que identifica quais são os itens de interesse daquele cliente. Sendo assim, sem sair do provador, será possível receber recomendações de produtos relacionados e similares, além de solicitar um outro tamanho, se necessário.

Clique e retire

Para evitar filas nos caixas, uma alternativa que a Centauro encontrou foi o clique e retire. Ao adquirir um produto pela loja virtual e optar por retirá-lo na loja física, o cliente receberá um e-mail com o código e o número do locker em que se encontra seu pedido. Muito mais simples, rápido e prático.

Futebol e suplemento

As experiências relacionadas a futebol e suplemento serão personalizadas. Isso acontece graças a uma tela interativa que oferecerá aos clientes a oportunidade de ouvir os hinos e cantos de torcidas ao visitar as seções de camisas de futebol.

Para os suplementos, a tela interativa permitirá que os clientes escolham a suplementação de acordo com suas necessidades, considerando as práticas esportivas de cada um.

Caixa móvel

Mais uma vez focando em reduzir as filas na hora de pagar, a Centauro conta com um caixa móvel, onde profissionais poderão atender aos clientes em qualquer lugar dentro das novas lojas, sem a necessidade de enfrentar uma fila direto no caixa.

Experiência de calçados

Para quem adora calçados, a novidade empolga: os tênis poderão ser provados em uma esteira conectada a telas. Essa experiência permitirá a simulação dos circuitos de corrida de todo o mundo. Por isso, se o consumidor estiver buscando um tênis para essa prática, por exemplo, testará as pisadas dentro de uma realidade construída para suas necessidades.

Além de todas essas mudanças, a loja terá algumas outras funcionalidades para os consumidores, como o auxílio para encontrar a bicicleta ideal; encomenda express; área de convívio no hub de entretenimento; e, claro, a tradicional personalização de camisas, que agora também engloba chuteiras.

Entregas por meio de aplicativos

A Centauro visa, também, as entregas de produtos por meio de aplicativos. A Rappi, em parceria com a Linx, é a aposta da vez: o consumidor poderá comprar produtos pela plataforma, com o marketplace integrado ao app.

Imagine um contexto em que o cliente já sabe o que quer, conhece seu tamanho sem dúvidas, tem urgência, mas não pode ir até a loja física ou esperar o prazo de entrega? Com um clique na Rappi, é possível adquirir o produto.

Quando a Eleven Financial colocou a empresa na lista de excelentes alternativas de investimento, especialistas e investidores começaram a ficar de olho — e esse grupo já está fazendo suas apostas.

Além da Centauro, outras companhias estão se destacando no mercado e merecem a atenção dos investidores. Conheça quais são elas no artigo 10 empresas para se prestar atenção em 2020.

Publicações relacionadas
Artigos

Compaixão e liderança vão bem juntas?

Artigos

A Mídia Out-Of-Home durante o coronavírus

Artigos

Nas estratégias de marketing, em que pé está o vídeo?

Artigos

O que sua empresa ganha com eventos patrocinados online